O que as concessionárias fazem com os carros que não são vendidos?

Todos os anos as concessionárias de veículos vendem milhões de carros, a galera não tem dó de tirar o escorpião do bolso pra comprar uma caranga pelada por muito dinheiro.

carros

No ano de 2019 o carro mais vendido foi o amado e odiado Chevrolet Onix, com quase 250 mil unidades vendidas, seguido de muito longe pelo Ford Ka, com pouco mais de 104 mil unidades vendidas e e pelo Hyundai HB20, com pouco mais de 101 mil unidades vendidas.

Isso mesmo, o carro mais vendido do Brasil vendeu mais que o dobro dos segundo e terceiros colocados.

 

De qualquer forma, é claro que as montadoras produzem mais carros do que a quantidade deles que são vendidos e isso é, obviamente, um problema.

Mas o que as concessionárias fazem com estes problemas?

Boa parte das concessionárias, para não dizer que são todas, possuem um pátio externo para “encostar” a mercadoria.

 

Quando o carro não vende bem e é mal falado, costuma ser pouco vendido, às vezes o cliente desistiu da compra ou as vendas não vão bem, eles colocam os carros nesses pátios.

Com o tempo, o que eles fazem é baratear o valor final para que se livrem dos carros.

Condições especiais e descontos bons são criados para carros que não foram vendidos, ou seja, vale a pena esperar para comprar um carro e não aproveitar “ofertas imperdíveis” com carros de valores altos.

Dica para comprar bem

Além de escolher um lugar decente para a compra e que você tenha a certeza de que são vendedores idôneos, procure fazer a compra no último sábado do mês.

É neste momento que o “fecha meta” acontece e você provavelmente terá bons descontos.

Final de ano normalmente é uma época boa também, afinal, em janeiro as concessionárias precisam pagar os malditos impostos de todos os carros, então, aproveite para comprar carros nesta época.

Tagscarros