Vibrador que guarda as cinzas do marido é criado por designer

Diego Souza -

Vibrador que guarda as cinzas do falecido marido?

vibrador

suposta viúva com o objeto

 

Isso mesmo, você não leu errado, um designer holandês chamado Mark Sturkenboom criou o consolo que guarda as cinzas do marido falecido da viúva. Além do compartimento para guardar as cinzas do falecido, o consolo conta com um local para colocar o iPhone e um difusor de aromas.

vibrador

imagem da caixa por dentro

O nome da peça é “21 Gramas”, afinal, eme guarda até 21 gramas das cinzas produzidas pelo corpo. A caixa onde o curioso objeto vem é feita de madeira polida à mão. A chave para trancá-la é banhada a ouro e pode ser usada como colar pela viúva.

vibrador

compartimento traseiro para colocar o iPhone

Sturkenboom explica as qualidades de sua criação da seguinte forma: “21 Gramas é uma caixa de memória que permite que uma viúva resgate as memórias íntimas de um falecido querido”. Um prazer um tanto mórbido, não é verdade?

A invenção curiosa foi apresentada na Semana de Design de Milão, na Itália.

Vibrador estranho existe pra todo lado!

 Este post do site Não Salvo mostra, por exemplo, vibradores com o formato do presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, um outro bastante curioso que usa luz solar para funcionar e até um com formato do pênis de um cachorro.

O consolo da Idade da Pedra

Há alguns anos, o que é considerado o “vibrador mais antigo do mundo” foi encontrado por cientistas alemães. A peça roliça e lisa aparentemente teria sido esculpida a, nada menos, que 30 mil anos. Dezenas de fragmentos do objeto foram encontradas em Ulm, na Alemanha e remontado pelos cientistas da Universidade de Tubinga.

O falo de proporções generosas possui 20 centímetros e a estimativa da sua idade é de 28 mil anos, no mínimo. Os cientistas afirmam que ele não servia apenas para fins sexuais, mas também para acender fogueiras. Jeito inusitado de acender um fogo.

Jovem brasileira é a mais infiel do mundo, afirma pesquisa

Diego Souza -

A jovem brasileira é a mulher mais infiel do mundo

jovem brasileira

a pesquisa foi feita com mais de 2.500 mulheres

 

Esta foi a conclusão que o site AshleyMadison.com chegou ao fazer uma pesquisa no seu site, voltado apenas para o público que pretende dar uma escapada do relacionamento.

O resultado foi alcançado verificando a idade média das inscritas no site, de 26 anos. Eduardo Borges, diretor geral do Ashley Madison no Brasil “Dados recentes representam que as brasileiras já iniciam seus relacionamentos extraconjugais com apenas 1 ou 2 anos de casamento”. Ainda segundo Eduardo, a cultura sensual do Brasil, que não suprime o deejo sexual, ajuda na procura das mulheres por relacionamentos extra conjugais.

A pesquisa foi feita com mais de 2.500 mulheres, 57% das mulheres afirmam ter dois ou mais amantes ao mesmo tempo. 46% delas diz que o motivo para a traição é o desejo de variedade de homens e 14% reclamam da falta de sexo durante o casamento.

Os dados mostram as cinco cidades com as mulheres mais jovens entrevistadas e que admitiram a infidelidade. Goiânia e Florianópolis tiveram uma maioria de infiéis com 25 anos, Belo Horizonte está com 26 anos, Salvador tem mulheres de 27 e São Paulo, 28 anos.

A infidelidade é retratada na literatura e arte brasileira de forma bem vasta, não raramente, existem “cornos mansos” nas novelas, principalmente da Rede Globo. Uma das histórias mais famosas sobre o assunto é Dona Flor e Seus Dois Maridos.

Apesar de a pesquisa ter sido feita apenas com mulheres jovens, não é apenas a jovem brasileira, nem apenas a mulher que trai, esse tipo de comportamento é muito comum na sociedade e ainda carece de muitos estudos até que se chegue à conclusão do motivo. Hoje, há uma centena deles e em grande parte dos relacionamentos, o traído ou a traída perdoam.




Suplementos
leitores
Porno
abril 2015
D S T Q Q S S
« mar    
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930