Um ano após velar a mãe sozinho, homem morre com 80% do corpo queimado

A história triste deste homem daria um filme, infelizmente um filme muito triste.

Zé Ricardo, que viralizou na internet após velar a mãe sozinho, morreu neste domingo, 12, no Hospital Estadual de Urgências Governador Otávio Lage de Siqueira (HUGOL), em Goiânia, depois de ter 80% do corpo queimado.

homem

Zé Ricardo ao lado de sua mãe

Natural de São Domingos, nordeste goiano, José Ricardo Fernandes Ribeiro foi socorrido na sexta-feira, 10, pelo Corpo de Bombeiros, não resistindo aos graves ferimentos e morrendo posteriormente no hospital.

O proprietário da quitinete que Zé Ricardo morava afirmou que percebeu o fogo na morada e chamou o Corpo de Bombeiros e o SAMU. Ele foi transferido de helicóptero para o hospital.

O único parente vivo de Zé Ricardo é um filho, de 19 anos, com o qual ele não tinha contato e que ainda mora em São Domingos.

A ex-esposa de Zé Ricardo informou que ela e seu filho de 19 não têm condições de custear o sepultamento do seu corpo, que permanece no IML de Goiânia.

O dono da quitinete acredita que a motivação do crime foi o dinheiro angariado pelo homem com vaquinhas online, segundo ele, Zé Ricardo havia angariado mais de R$30.000 com doações que estariam em sua conta. O celular do falecido foi roubado e suas contas nas redes sociais, incluindo a postagem com sua mãe, foram apagadas.

Com informações do Blog do Antônio Carlos