Homem compra 17 mil frascos de álcool gel para vender mais caro, é banido do Amazon e acaba tendo que doar tudo

Nos Estados Unidos, um homem comprou 17.700 frascos de álcool gel para vender com preço super faturado na internet, o que ele não contava é que seria banido das plataformas de venda online.

Agora em março deste ano Matt Colvin e seu irmão Noah viajaram por vários quilômetros visitando lojas para comprar produtos de higiene como álcool gel e lenços antibacterianos para vender na Amazon a preços extorsivos.

álcool gel

Matt Colvin com o seu incrível estoque de produtos de higiene

Matt conseguiu vender 300 garrafas do produto na Amazon, os valores variavam de US$8,00 a US$70,00, algo entre R$40,00 e R$350,00 em Real, mas isso durou apenas um dia, pois ele foi banido no dia seguinte.

Outros vendedores que tentarem se aproveitar da situação também serão banidos.

A big tech Ebay, concorrente da Amazon, proibiu qualquer venda de álcool gel, também sob pena de banir as contas que tentarem vender de alguma forma.

Segundo o The New York Times, para não ser processado pelo estado, pois o escritório da procuradoria-geral do Tenessee abriu uma investigação contra ele, Matt decidiu doar 2/3 das garrafas de álcool gel para uma igreja local.

Diante da pandemia e da má fé dos irmãos, todos estes produtos foram usados para doação

O último terço foi recolhido para posterior distribuição à população.