Cuidado, a piscina pode estar destruindo a sua barba

Ter uma barba não te exime de curtir uma praia e, principalmente, uma piscina, não é verdade?

O verão brasileiro já foi embora, mas como moramos num país tropical, o calor está conosco o ano inteiro.

Entrar numa piscina é relaxante e revigorante, com certeza uma das experiências mais gostosas que a vida pode proporcionar, mas ela contém um “inimigo” poderoso, o cloro.

O cloro é utilizado para manter a piscina limpa, ele potaliza a água, mantendo-a livre de bactérias e algas.

O problema é que ele também mata o seu cabelo e, por consequência, sua barba.

O cloro remove os óleos naturais dos seus pelos faciais, tornando-a seca e quebradiça, além da criação de pontas duplas. O resultado é uma barba áspera e desconfortável.

Uma vez que seu cabelo fica nesta condição, a situação é irreversível.

Além de áspera, ao final de um dia na piscina a sua barba pode ficar verde. Isso acontece por conta da oxidação do cobre, um elemento comum em agentes anti-algas.

Para que você não seja pego de surpresa, aqui vão algumas dicas.

Antes de pular na piscina

Molhe a sua barba antes de pular na piscina, molhe ela de forma abundante.

Depois disso, segue e coloque um óleo para barba de qualidade, isso fará com que o cloro da água e os agentes anti-alga não penetrem no seu cabelo e barba.

Depois de pular na piscina

Eu sei que é difícil correr para uma chuveirada depois de ficar na piscina com a galera, mas é o certo a se fazer, caso queira que a sua barba permaneça perfeita.

Lave a barba normalmente, de preferência com um xampu com propriedades clareadoras, para remover o cloro e outros minerais que podem danificar ela. A sua esposa ou namorada provavelmente vai ter um.

Um bom condicionador ou pomada para barbas vai dar a finalização que você precisa para continuar curtindo bem o calor.

Se você quiser ver este conteúdo em vídeo, assista aqui:

TagsBarba