Sem patrocínio, atleta vende bolos no sinaleiro para custear torneio no Equador

Sem apoio financeiro, o atleta de powerlifting Clayton Munhoz decidiu vender bolos no sinaleiro em Campo Grande para custear sua viagem para um torneio no Equador.

Foto: Top Mídia News

Apesar do tamanho, o gigante de 46 anos é ágil e aproveita os 45 segundos proporcionados por um sinaleiro em Campo Grande para vender seus bolos.

O objetivo é participar do Campeonato Sulamericano que acontecerá no Equador, mais precisamente em Guayaquil, entre os dias 3 e 7 de julho.

O delicioso bolo é preparado por sua esposa, Bernardeth Franco Munhoz, de 40 anos.

Eles vendem os bolos de segunda à sexta, na rua Eça de Queiroz, quase esquina com Ernesto Geisel, a partir das 17h. Para encomendas, eles disponibilizaram o telefone (67(99698-7459.

Por dia o atleta vende, em média, 12 bolos ao preço de R$10,00 cada.

Munhoz compete na categoria máster 1 (120kg – HeavyDuty). Para a disputa no Equador também foram chamados os brasileiros Anderson Alcântara (66kg – Gerson Dória), Ronaldo Primeiro (74kg – Gerson Dória), Remi de Carvalho (83kg – TheLifters), Edson Murayama (93kg – Marcelo Alo) e Edson Kamogawa (105kg – Marcelo Alo).

Tagsatleta