49% dos homens acham que bloco de carnaval não é lugar para “mulher direita”

Uma pesquisa divulgada pela Agência Brasil confirmou algo que boa parte dos homens pensam, mas sentem medo de falar, que blocos de carnaval de rua não são lugares para o que pode ser chamado de “mulher direita”.

homensSeguindo esta linha de raciocínio, também não é um bom lugar para “homens direitos”, afinal, se você é homem e está lá pra pegação, expondo-se a doenças como HPV e à alcoolemia, você não é lá todo direito também.

A pesquisa foi feita pelo Instituto Data Popular e traz alguns dados sobre o pensamento dos homens acerca do comportamento feminino em festas de carnaval. 61% deles disseram que mulheres solteiras que vão pular o carnaval não podem reclamar de serem cantadas, 49% afirmaram que blocos de carnaval não são lugares para “mulheres direitas”, como no enunciado desta publicação e 56% disseram que mulheres que usam aplicativos de relacionamento não procuram nada sério.

O estudo ainda traz outros dados, como o que afirma que 70% deles pensam que as mulheres se sentem felizes ao ouvir um assovio, 59% consideram que esta alegria se estende a cantadas na rua e 49% disseram que mulheres gostam de ser chamadas de “gostosa” na rua.

Você faz parte dos 49% de homens ou dos outros 51%?