Fumante compulsivo?

Claro que não, imagina!

Leave a reply