E agora, vadia?

O amor PLATÔNICO ainda PERDURA?

Leave a reply