Estão te assaltando, e você está rindo

Ontem aconteceu mais um daqueles “escândalos silenciosos”, tão corriqueiros no Brasil, do tipo que acontece todos os anos e o verdadeiro palhaço da nação, o povo, ficou mais uma vez de braços cruzados. Foi aprovada no senado, em caráter de urgência, a proposta que elevou os salários de deputados, senadores, ministros e presidente de 60% a quase 140%, dependendo do cargo. Pois é, nobres, em apenas 5 minutos salários que variavam de R$ 10,000 a R$ 16,000 deram um salto para nada menos que R$ 26,700, um completo absurdo.

279 dos bandidos de gravata votaram a favor do projeto, 35 representantes REAIS do povo votaram contra e 5 se abstiveram, uma verdadeira goleada contra a democracia e os interesses do povo. Os cofres públicos sofrerão um déficit que ultrapassará os BILHÕES. O único partido que declinou do projeto foi o PSOL, partido que não apóio pois sou frontalmente contra o regime socialista.

Ao visitar a câmara dos deputados o Palhaço Tiririca, deputado eleito com a maior votação de todo o território nacional, disse que “chegou em um bom dia”, o dia do aumento. Onde está o seu voto de protesto agora, amigo? Percebeu a merda que fez votando nele?

Há anos arrasta-se a proposta de uma reforma tributária, a reforma que livraria o brasileiro dos impostos abusivos que nos são impostos todos os dias. Mas como teremos uma reforma tributária se quem nos “defende” ganha um salário que pode pagar um carro por mês?

Atualmente o carro popular mais barato do Brasil custa em torno de R$ 23,000, um valor completamente absurdo considerando que ele é popular e o salário mínimo é de R$ 510,00. Fazendo uma conta de forma tosca podemos dizer que o que um parlamentar consegue em um mês com sobras, um cidadão comum consegue em 45 meses. É lógico que ignorei o fato de ambas as partes terem outras obrigações como água, luz e prestações eternas de produtos eletrônicos no caso do cidadão comum e viagens de jatinho e produtos de luxo no caso do parlamentar. O meu objetivo é mostrar a discrepância do surreal salário dos nobres políticos pra você que vota neles.

Os tributos no Brasil são extremamente absurdos, se você precisa da saúde pública, que é paga pelos seus impostos, descobre que ela é precária e se você paga um plano de saúde descobre que incidem impostos sobre a mensalidade do plano, ou seja, você paga impostos duas vezes. Se você pretende comprar um Playstation 3, X Box ou um computador da Apple percebe que os seus valores são abusivos sob o pretexto de “incentivar o produto interno”, ou seja, você paga mais caro pra ter algo exclusivo que os governantes dizem ter similar no Brasil mas que não tem similares nem em países mais desenvolvidos que o nosso, pura malandragem.

A pirataria, por exemplo, é incentivada pela nossa carga tributária absurda, não valeria a pena pagar R$ 800,00 em algo que no Paraguai é R$ 650,00, evitando assim a viagem e transtornos? O problema é que ao invés de R$ 800,00, o governo quer R$ 1400,00 e assim por diante. R$ 1400,00 esses que pesam no seu bolso mas que não fazem cócegas no bolso de alguém que ganha R$ 26,000.

Posts como os seguidos clamores do Tenso por um Camaro e o meu humilde pedido de um Playstation 3 pro Eike Batista são gritos bem humorados da sociedade por produtos com preços mais justos e acessíveis.

Um dos problemas é que alguns brasileiros engajados em mudar a nação se preocupam com coisas cretinas como incentivar o homossexualismo precoce ao invés de lutar por escolas com ensino de qualidade e guerra contra os mandos e desmandos dos políticos.

Penso que a política é o reflexo da população e a nossa política é um mar de merda onde o contribuinte navega com sua canoa sem remos. Precisamos mudar os nossos costumes, arrumar o nosso lar e conseguiremos mudar o Brasil. O que você fez para mudar isso HOJE? Pense nisso.

UPDATE

O amigo @Thiefd enviou a lista dos safados que votaram a favor do aumento relâmpago. Confira.

5 comentários

  1. Nádia 17 dezembro, 2010 at 12:20

    Mas temos um pequeno problema que afeta o Brasil…
    Muito brasileiro é tão corrupto quanto os políticos.
    Muito brasileiro diz que se tivesse lá ia fazer a mesma coisa. Ia roubar meeeeeesmo.
    Como vc vai exigir educação política desse povo??

    Concordo com tudo que disse, principalmente a parte do pessoal que defende a homossezualização precoce em detrimento de educação de qualidade.

  2. Luiza 21 dezembro, 2010 at 17:30

    Isso é um verdadeiro absurdo enquanto tem pessoas passando fome no mundo esses bandidos estão desfrutando no nosso trabalho, pessoas honestas que trabalham 8 horas por dia para deixar-los ricos e o que eles fazem por nos? absolutamente nada não melhoram nada nesse país apenas compram carros e uma casa por mês isso é um absurdo!

Leave a reply